PROJETO

PROJETO ERASMUS+ KA1 Educação Inclusiva - 2023-2024

Programa de Formação / Job Shadowing em Educação Inclusiva para professores e alunos espanhóis.

O CFAE Rui Grácio e o Agrupamento de Escolas Júlio Dantas irão receber, de 11 a 15 de março de 2024, um grupo de professores e alunos das ilhas Canárias (La Palma de Gran Canária), Espanha.

Durante a visita, o grupo participará em atividades de Job Shadowing e atividades letivas na Escola Secundária Júlio Dantas, com turmas anfitriãs do ensino secundário, e em atividades de formação subordinadas ao tema da Educação Inclusiva e Educação Intercultural, no CFAE Rui Grácio.

PROJETO ERASMUS+  «TE - REG Teacher Education Regenerated» 2024-2025

Coordenação: KU Leuven –  Master of Teaching Behavioral Sciences (Leuven) – Bélgica.

Este projeto assume que é essencial repensar profundamente os currículos de formação de professores, dada a fragmentação que resulta de uma abordagem orientada para as competências (razão intrínseca) e a chegada da Inteligência Artificial generativa - GenAI -  como um verdadeiro separador de águas tecnológico (razão extrínseca). Em linha com este pressuposto, serão concebidos currículos que adotam uma nova visão sobre a profissão docente, por um lado, e consideram o contexto GenAI, por outro.

PARCERIA: Bélgica: KU Leuven – Master of Teaching Behavioral Sciences (Leuven); UCLL – Education & Development Centre of Expertise (Leuven); Alemanha: Hessische Lehrkräfteakademie Studienseminar für Gymnasien (Marburg); Finlândia: University of Helsinki, Viikki Teacher Training School (Helsinki); Montenegro:  Teacher Training Centre, Faculty of Philosophy, University of Montenegro (Nikšić); Portugal: Centro de Formação Dr. Rui Grácio (Lagos).

PROJETO ERASMUS+ «STEM in Primary Education through Challenge-Based Learning» - 2024-2025

Coordenação: University of Eidhoven – Países Baixos.

O projeto centrar-se-á na elaboração de um manual para o ensino de STEM através de CBL (challenge-based learning) no ensino básico, que incluirá uma estrutura conceptual e um conjunto de exemplos de aulas e orientações pedagógicas para professores. O manual será criado de forma colaborativa com a contribuição das universidades e instituições parceiras à medida que são revistas as aplicações CBL e STEM em ambientes de ensino básico, médio e superior. Este manual será usado como base conceptual para projetar aulas STEM com professores do ensino básico. Para alcançar implementações em larga escala, todos os parceiros estabelecerão contactos com escolas e professores, para fornecer feedback e/ou testar as lições STEM do manual. As escolas participantes criarão e irão pilotar novas aulas STEM.  Isso resultará na versão final do manual e no desenho de um programa de formação em ambiente virtual de aprendizagem para STEM através da CBL. Serão disseminados os resultados dos vários programas de formação de professores realizados na Europa.

PROJETO ERASMUS+ SPORT «MOVE» - "VOLUNTARIADO EUROPEU PARA A PROMOÇÃO DA SAÚDE, A INCLUSÃO SOCIAL E A IGUALDADE ATRAVÉS DO DESPORTO PARA TODOS" - 2019 - 2021

   

O projeto MOVE  "Voluntariado europeu para a promoção da saúde, a inclusão social e a igualdade através do Desporto para todos"  visa promover a saúde integral, a igualdade, a inclusão social e melhorar a empregabilidade entre os jovens europeus. Para atingir esses objetivos, os parceiros do projeto utilizaram o Voluntariado Desportivo para o desenvolvimento de uma prática física-desportiva segura, igualitária e inclusiva. Isto é devido à grande capacidade dessa atividade para atuar como gerador de saúde, incluindo integração, coesão social e participação. 

O projeto MOVE responde a um problema comum, uma vez que, entre outros aspectos, a obesidade e o excesso de peso são uma grande pandemia na UE. Além disso, o projeto responde a outras questões, como a crescente desigualdade e o desemprego juvenil. O projeto desenvolveu uma série de produtos intelectuais e eventos desportivos multiplicadores, para promover a sociabilidade e a saúde em cidadania e novos currículos para novos nichos de emprego. Também promoveu a saúde física, mental e social e a promoção do acesso e adesão a práticas físicas e esporádicas igualitárias. Foi desenhado um novo perfil de Voluntariado Desportivo para atuar como agente de mudança social. Para atingir este objetivo, um estudo europeu foi  realizado para determinar o perfil exigido para o novo perfil de voluntário. Este voluntário recebeu um plano de formação específico que ajudou a melhorar sua empregabilidade. Além disso, ajudou a criar um melhor sentimento de pertença à Europa e um sentido de cidadania europeia. Em conclusão, o projeto MOVE buscou uma Europa mais saudável e justa, onde os jovens se tornam os principais agentes de mudança em atividades físicas e desportivas, promotoras de inclusão social e de igualdade através do Desporto para todos.

ERASMUS + DILABS «Digital community and innovation in adult education and basic skills» - 2016-2019

 

Coordenação: Universidade de Lille, França

DILABS - 2016-1- FR01-KA204- 023952

Objectivos: Melhorar o apoio e formação de formadores/professores, funcionários e organizações envolvidas na educação de adultos, na área das competências-chave, incluindo a alfabetização funcional e a literacia digital, num processo activo de desenvolvimento da cooperação europeia. O projecto será apoiado por trabalhos de pesquisa de instituições do ensino superior e pelo conhecimento das práticas dos profissionais de educação de adultos.

As actividades do projecto DILABS produziram resultados específicos.

Sensibilização:- identificação de situações de iliteracia funcional ou falta de competências-chave, relacionadas com o mercado de trabalho e/ou inclusão social; - realização de vídeos para identificar competências básicas relevantes no trabalho; - produção de um manual de recursos  (Tool-Kit)  e de guias metodológicos.

Formação de formadores de adultos: - metodologia para desenvolver programas de formação inovadores e eficazes; - competências digitais para melhorar os programas de formação; - guias metodológicos; - realização de vídeos para analisar as práticas educativas/formativas; - livro do aluno e do professor sobre o tema da literacia funcional; - visitas de estudo e sessões de formação em diferentes países europeus.

Desenvolvimento e suporte de uma "comunidade de aprendizagem": - implementação de um sistema de colaboração segundo uma abordagem evolutiva, acessível e dinâmica; - melhorar o trabalho colaborativo e as competências dos participantes no âmbito do projecto DILABS; - formação on-line para formadores de adultos e professores envolvidos na educação de adultos.

Projecto internacional OMD «Plan d\'actions éducatives pour l\'éducation au développement à travers les jumelages scolaires Nord-Sud» Europa-África - 2012-2014

RESUMO

https://slideplayer.fr/slide/1326926/


Projecto OMD «Plan d?actions éducatives pour l?éducation au développement à travers les jumelages scolaires Nord-Sud»

O Centro de Formação Dr. Rui Grácio (Lagos, Aljezur e Vila do Bispo) foi parceiro institucional, entre 2010 e 2013, num projecto de cooperação Europa-África, que integrou governos regionais, instituições de formação de professores, universidades, municípios e escolas da Europa (Itália, Portugal, Malta, França e Bulgária) e de África (República dos Camarões e Burkina Faso).

Com a apresentação do projecto OMD, demonstraremos como equacionámos um modelo de formação e de cooperação internacional para o desenvolvimento sustentável, para o diálogo intercultural e para a gestão sustentável das escolas; explicitaremos como foram articuladas várias modalidades de formação contínua e especializada dos professores; evidenciaremos como a formação incidiu em diferentes dimensões: da dimensão individual dos professores à dimensão organizacional das escolas, passando pelo desenvolvimento de redes territoriais de cooperação, do local ao global: rede local de formação, articulação regional, rede europeia de inovação educativa e plano interinstitucional de cooperação Europa-África, assentando numa perspectiva transformativa de educação para o desenvolvimento e para a cidadania global. 


O Projecto OMD foi coordenado pela Universidade Ca? Foscari de Veneza e procurou responder a uma estratégia de formação de professores e gestores escolares para a sustentabilidade, no quadro dos Objectivos do Milénio para o Desenvolvimento,  adoptados pela Organização das Nações Unidas: 1 - Erradicar a pobreza extrema e a fome; 2 - Atingir o ensino básico universal; 3 - Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres; 4 ? Reduzir a mortalidade infantil; 5 - Melhorar a saúde materna; 6 - Combater o HIV/SIDA, a malária e outras doenças; 7 - Garantir o desenvolvimento sustentável; 8 - Estabelecer uma parceria mundial para o desenvolvimento.
 
O projecto de cooperação foi financiado pela Comissão Europeia, acção «Acteurs non étatiques et autorités locales ? Sensibilisation et Education au développement en Europe?,  e desenvolveu as suas actividades em três eixos fundamentais:

1 ? Concepção e implementação de programas de formação avançada e contínua para professores europeus e africanos:
-  implementação de um Master universitário em ?Intercultural and Environmental Management of Schools? para gestores escolares e de programas de formação contínua para professores;
-  produção de materiais científico-pedagógicos de formação especializada e de formação contínua;
- construção e implementação de plataformas de formação on-line, com vista ao desenvolvimento de aprendizagem e-learning e b-learning. 
- Jobshadowing bilateral entre gestores escolares africanos e europeus;

2 ? Implementação de geminações escolares Europa-África e da Agenda 21 Escolar enquanto instrumento estratégico de gestão, promotor da melhoria das escolas, integrando a dimensão intercultural como um pilar estruturante do desenvolvimento sustentável, com vista à concretização de micro-projectos nas escolas africanas.

3  ? Comunicação multilateral, colaborativa e reflexiva entre directores escolares e professores, através da organização de encontros e seminários locais, regionais e internacionais, na Europa e em África.

Esta dinâmica de cooperação internacional, através de geminações escolares Norte-Sul, constituiu uma oportunidade única de expandir os Objectivos do Milénio para o Desenvolvimento e de aprofundar os temas prioritários da rede educativa SEA-UNESCO, em que o CFAE Dr. Rui Grácio foi convidado a integrar-se, em 2012, como instituição associada.